sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Webinar – “A descoberta de planetas extrassolares”

No âmbito do Projeto Ciência Viva, em parceria com a Casa da Ciência de Braga, realizou-se no dia 19 de novembro na escola sede do Agrupamento de Escolas António Feijó um webinar com o tema “À descoberta de planetas extrassolares”. Nesta palestra participaram, a partir do auditório, as turmas 7ºD e 8ºA, num total de 36 alunos, onde puderem para além da falar da formação do Universo e dos astros em geral que o constituem, particularizaram os astros constituintes do Sistema Solar e também se “viajou” para planetas extrassolares, detetados por técnicas das quais os alunos puderam visualizar em vídeos mais específicos. Com o envolvimento criado pelo astrónomo da Casa de Ciência de Braga, Henrique Cachetas, os alunos puderam esclarecer algumas dúvidas clarificando pormenores de um tema que suscita muita curiosidade. Outras turmas participaram no evento a partir das respetivas salas de aula. As atividades desta natureza merecem sempre um grande realce, pois os discentes aprendem noutros contextos, tendo revelado muito interesse sobre a temática apresentada e disponibilizaram-se para escrever uma notícia para jornal escolar como forma de divulgação da atividade muito enriquecedora. Esta atividade insere-se no projeto financiado pelo POCH que integra, além das atividades de astronomia, a construção e manutenção de um charco pedagógico, a construção e manutenção de uma horta biológica e ainda a monitorização do Rio Lima

quinta-feira, 12 de novembro de 2020

Monitorização do rio Lima

Alguns alunos realizaram na semana passada a monotorização do rio Lima, no âmbito de um projeto realizado em parceria com a ciência viva.

segunda-feira, 12 de outubro de 2020

Horta Biológica


Trabalho na horta - video





Atividades Ciência Viva/ Clube de Ciência

Durante o ano letivo 2020/2021 continuar-se-á a desenvolver o Projeto Ciência Viva na Escola, continuando com a parceria da Casa da Ciência de Braga nas seguintes atividades: Observação astronómica, através de um telescópio que tem tecnologia que se liga aos smartphones ou tablets e enviará a imagem do astro a observado, evitando assim possíveis contactos ou ajuntamentos entre os participantes; Monitorização do Rio Lima, com a última saída de campo ao rio Lima, que deverá ser realizada com um grupo mais reduzido de alunos, integrantes da mesma turma, onde farão recolha de amostras em todos os pontos de análise, para evitar partilha de materiais entre turmas. A ação será transmitida para os restantes alunos das turmas envolvidas. A escola sede dará continuidade à actividade do Clube de Ciências, com a colaboração de docentes de Ciências Naturais e de Físico-Química. Os trabalhos a desenvolver na Horta Pedagógica continuarão a ser maioritariamente desenvolvidos em parceria com a turma PIEF. Os alunos terão oportunidade de conhecer, semear e observar o desenvolvimento das plantas, assim como as condições que necessitam para se desenvolverem. Sempre que possível será realizada a compostagem. Relativamente ao Charco Pedagógico, os alunos no Clube de Ciências continuarão, em grupos mais restritos e com periodicidade a definir, a realizar visitas ao mesmo de modo a poderem observar os seres vivos que nele se encontram. Também os docentes do Clube de Ciência continuarão a desenvolver o projecto Ensinar Ciência, com atividades experimentais ana educação pré-escolar e no primeiro ciclo do ensino básico, permitindo o desenvolvimento da atitude científica e o interesse pela ciência. Os alunos têm, assim, oportunidade de experimentar, conhecer e aprender mais.